Diário da Leiga Maria Isabel Tromm de Moçambique

ago 30, 2023 Sem categoria

Diário da Leiga Maria Isabel Tromm de Moçambique

 

De todas as crianças do mundo, sempre amigo/as!

 

Sou Maria Isabel Tromm, natural de Joinville-SC. Nasci em uma família católica, sendo que minha mãe era catequista e meu pai ministro da palavra e eucaristia. Desde pequena participei da Infância Missionária e cresci com o ardor missionário e o desejo de missionar além-fronteiras.

Somos em três irmãos e estudamos todo o ensino fundamental na escola pública e, para o ensino médio, meu pai nos deixou escolher qual a escola que gostariamos de estudar e, sem duvidar, escolhi o Colégio dos Santos Anjos, também em Joinville, administrado pelas Irmãs da Divina Providência.

Enquanto aluna, gostava muito de participar dos momentos celebrativos e ajudava na animação das missas junto com a irmã Eliete Maria Kohns. Além disso no terceiro ano do ensino médio, comecei a assessorar o grupo da Infância Missionária do colégio.

Após concluir o ensino médio, cursei Pedagogia e, de aluna, passei a fazer parte do corpo docente do colégio, atuando primeiramente como auxiliar de educação infantil e depois de licenciada, como professora. Durante esse tempo continuava participando das propostas de espiritualidade do colégio e fui conhecendo um pouco mais do carisma e atuação da Congregação.

Sempre ficou em mim o desejo de ser missionária ad gentes. Atuando na Infância Missionária, participei de 4 missões junto à Juventude Missionária que acontecem em janeiro, por um período de 10 dias, normalmente. Assim participei da missão no Pará (2016), Paraguai (2017), Rio Grande do Sul (2018) e Minas Gerais (2019).

Sempre ao retornar da missão, sentia um vazio grande pois queria mesmo continuar missionando. Então comecei a procurar alguma missão Ad Gentes que eu pudesse realizar como leiga e encontrei a Missão Fidei Donun do Regional Sul 3. Que faz parceria entre as dioceses do Rio Grande do Sul e a Arquidiocese de Nampula (Moçambique). Conclui o mestrado em Educação no ano de 2018 e em 2019 estava disponível para a missão em Moçambique, na qual fiquei 3 anos. E, em Moçambique, conheci a missão das Irmãs da Divina Providência, muito mais na pessoa da Irmã Celéria, pela qual tenho grande carinho e admiração.

Quando estava para voltar ao Brasil no ano de 2022, fui convidada para trabalhar na missão Deus Providência, em Entre-Lagos, mesmo Moçambique. Acredito que as Irmãs da Divina Providência perceberam meu desejo de permanecer em Moçambique, pois realmente me adaptei ao povo, aos costumes e estilo de vida que aqui temos.

Para essa missão cheguei em fevereiro de 2023 e atuo como educadora no Lar de estudantes que vem dos bairros mais distantes para estudar na escola da vila que atende os alunos da 7 até 12 classe. Além do trabalho com os jovens, também já estou envolvida com a Infância Missionária na comunidade, pois esse carisma me encanta de verdade.

Como leiga, busco servir a Deus a cada dia e com todas as pessoas que eu encontro. Por influência do meu nome e de minha formação religiosa, me encanta o Magnificat que Maria entoou ao encontrar sua prima Isabel e por isso repito: “Minha alma engrandece ao Senhor, e meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.” (Lc 1, 46)

Um comentário sobre “Diário da Leiga Maria Isabel Tromm de Moçambique”
  1. Parabéns querida Maria Isabel!! Que Deus Providência continue lhe abençoando nesta tão importante missão!
    O mundo precisa de pessoas com o coração ardente como voce,dispostas a viverem o Evangelho na radicalidade, a Igreja em Saída para as periferias geográficas e existenciais.
    Um abraço afetuoso e a prece a você, às Irmãs da Divina Providência e todas as pessoas da vossa missão !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *