Diário 09: Irmã Nazaré da Silva e a missão na Bahia

Diário 09: Irmã Nazaré da Silva e a missão na Bahia

O amor de Deus se revela aos que sabem ser humildes

Durante quinze dias, as Junioristas da América Latina. As Irmãs Martha, Elis, Viviane, Ingrid, Josileide, Vanessa, Ana Rakel, Cleomar e as Formadoras Maria Eloni e Joana, se reuniram na Cidade de Novo Triunfo, na Bahia, para realizar uma bela e profunda Missão com o povo de Deus.

Eu volto para minha Comunidade cheia de novas experiências de vida e fortalecida pelas luzes do Espírito Santo. Agradeço a oportunidade de entrar na casa de muitas famílias. Entrar na vida de tantas pessoas significou muito para mim. O exercício da escuta com a atenção a história de vida de cada um possibilitou não somente admiração pela força para enfrentar as dificuldades, mas também a descoberta da ação de Deus na vida de cada pessoa e luz para o meu chamado Vocacional.

O testemunho dos animadores (as) das comunidades deixaram marcas de Fé, Confiança e Esperança em Deus Providência.
Em cada visita fui tomada por um sentimento único, por vezes, apesar das inúmeras dificuldades, encontrei sorrisos largos que me fizeram dizer uma frase tão dita “é fácil ser feliz”.

Em outros momentos, me emocionei junto aqueles(as) que nas partilhas de suas angústias viam uma oportunidade de falar de suas dores e sonhos. Emprestei meus ouvidos e coração para acolher. Mais do que ensinar, creio que aprendi com o jeito simples do povo.

Essa missão representou um grande desprendimento de muitas coisas que carregava. Fez com que eu deixasse em casa todos os meus caprichos, confortos e passasse a viver com os que me acolheram. Me senti uma verdadeira Irmã da Divina Providência Missionária, estar com eles/elas, vivendo em compartilhando do que era oferecido.

Precisamos ser apaixonados por Jesus Cristo e mostrar esta paixão às outras pessoas com a vida, as palavras e o testemunho. O tema “Batizados e Enviados” fez, justamente, esse convite: que cada cristão viva a missão no seu trabalho, na Igreja, mas também na sua realidade de vida e no seu cotidiano.

O amor de Deus se revela aos que sabem ser humildes e pequenos, no sorriso das crianças, no tímido jeito de ser da juventude no primeiro contato, na afetuosa acolhida das famílias, nas histórias dos mais experientes, nas danças culturais da região, na convivência e acolhidas dos padres Mário e Léo. Em nenhum momento senti desamparada, pois sem dúvida, o Espírito Santo é o protagonista da missão. Durante as visitas nas famílias e nas celebrações entre as comunidades os jovens marcaram presença conosco.

Houve também o retiro dos Crisma dos da Paróquia São Pedro, com o tema: “Vocação um chamado de Deus e resposta cristã”. O retiro teve como objetivo contribuir para o processo de fortalecimento espiritual da juventude. Os jovens retirantes tiveram durante a manhã, a oportunidade de fazer uma profunda experiência de oração pessoal, de meditação sobre a Palavra de Deus e de revisão do seu projeto de vida.

Outro momento marcante foi a caminhada e encenação dos Discípulos de Emaús. Jesus se aproxima e se coloca ao lado deles. Caminha com eles. Respeita o ritmo deles. Não invade sua privacidade, apesar de eles mostrarem sinais de fraqueza, limitações e fragilidade. Permite que eles sejam sinceros na sua expressão (és o único que não sabe disso…); deixa-os que esvaziem seu coração… só depois toma a palavra. O encontro dos dois com o Ressuscitado os fez tomar consciência de onde estavam naquele momento e que precisavam voltar ao encanto e à paixão da experiência do discipulado.

Bendigo a Deus, pelos sinais de vida que me proporcionaram esta experiência de missão inserida no coração deste povo.

Meus agradecimentos as Irmãs Lurdes, Imelda e Nilva da Província Santíssima Trindade de Curitiba que nos acolheram com muito carinho, apoio fraterno e ajuda no meu crescimento pessoal.

Gratidão a Deus pela Congregação das Irmãs da Divina Providência, à Província Coração de Jesus de Florianópolis-SC e a Comunidade a qual faço parte. A todas as Irmãs que nos acompanharam pelos meios de comunicação, que direto ou indiretamente estiveram em missão conosco, mas, sobretudo pela oração, a vocês, meu cordial abraço. Que Deus proteja a todas.

Irmã Maria de Nazaré da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *