Category: Diário 25: Partilha dos leigos Marilyn Galarza e Diego Martinez

Diário 25: Partilha dos leigos Marilyn Galarza e Diego Martinez

Como vão irmãos e irmãs? Meu nome é Marilyn Galarza. Participo da paróquia do Sagrado Coração de Jesus e Maria, aqui em Santa Cruz, Bolívia. Quero contar um pouco da minha experiência com o grupo de leigos da Divina Providência.

Para mim é uma coisa linda, que Deus chame as pessoas para participarem dessa Congregação e do grupo de leigos da Divina Providência. No começo, eu não entendia muito o objetivo dos encontros, mas com o passar dos encontros e participações, comecei a gostar da dinâmica   que às Irmãs usavam. Especialmente, para que nos sintamos motivados.

Tem sido uma experiência linda e marcante, enfatizo fortemente que nos aproximamos de Deus, torna minha família mais unida e isso nos permitiu ter um relacionamento melhor como casal. Vivenciamos encontros fortes para amar a Deus e nossa família e tudo isso tem permitido que nossa fé fique mais forte.

Estou feliz por participar do grupo de leigos da Divina Providência. Alegro-me que as Irmãs continuem a apoiar-nos e também ajudar e colaborar para fazer crescer a nossa fé todos os dias.  Estou feliz por continuarmos a nos encontrar, essa é a fé que devemos ter como irmãos, para a seguir em frente.

Agradeço muito também a oportunidade de alegria compartilhar essa experiência com vocês.

Meu nome é Diego Martinez, pertenço a paróquia Sagrado Coração de Jesus e Maria. Quero falar um pouco das Irmãs da Divina Providência desde a chegada delas aqui em nosso País, vindas do Brasil. Desde a chegada delas, elas têm sido muito dinâmicas e com muita vontade de ensinar-nos o que é medicina natural. Hoje, continuam espalhando seus ensinamentos, de maneira especial, para os mais  pobres. Elas buscam atendê-los com remédios, para ajudá-los a se recuperar de suas doenças físicas.

Elas estão formado muitos grupos, para que este trabalho continue a dar esperança a muitas pessoas. Tive a oportunidade de participar do grupo dos leigos da Divina Providência e é claro que gostei muito. Elas nos contam suas histórias como missionárias, histórias da Congregação, mas também nos contaram sobre Deus e nos aproximaram de Deus. Em nossa vida, fortaleceu nossa espiritualidade, pois, temos um Deus que cuida de nós e nos protege.

Portanto, agradecemos a Deus pelas Irmãs da Divina Providência, pelo seu esforço e dedicação. Algumas já partiram, mas eu digo que foram para o céu porque trabalharam para Deus. Que Deus sempre as abençoe e ilumine sempre.