Category: Kiara Velardes Sánchez

Diário 20: Formanda Kiara Velardes Sánchez

MEU CHAMADO VOCACIONAL
“EM BUSCA DA VERDADEIRA FELICIDADE”

“Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mt 11,28)

Olá! meu nome é Kiara Velardes Sánchez, tenho 27 anos. Meus pais são: Marco Antonio e Janeth, somos em seis filhos: cinco homes e uma mulher.  Minha família mora no bairro o Cerrito, que fica na zona sul da cidade de Riberalta- capital da Amazônia Boliviana. Minha família é de condição humilde e simples. Deus continua chamando! E ele chama de diversas maneiras, quero na alegria e simplicidade compartilhar com vocês como Deus Providente me chamou. Meu chamado vocacional foi assim: O primeiro sinal do meu chamado onde percebi a mão de Deus Providente foi durante a missa, da minha primeira comunhão quando alguém salmodiava o salmo, senti algo impressionante, senti a presença de Deus pela primeira vez, e foi maravilhoso senti-me amada por Ele. Desde aquele dia fiquei entusiasmada e comecei a participar ativamente na comunidade Nossa Senhora do Rosário, participando nos cantos, salmos, leituras, depois como ministra da palavra, e missionaria.
Durante esse período da minha vida recebei vários convites para ser Irmã Religiosa, para participar de encontros vocacionais porem não me chamava a atenção, e não ia aos encontros. Outro sinal forte foi durante o VCAM, (Quinto Congresso Americano Missionário.) A minha mente se abriu, e fiquei cheia de perguntas, já que sentia que tudo o que tinha feito era um nada, era um pequeno grão de areia no meio do mar, tudo isso pelo conteúdo, palestras, temáticas, discursos e durante todo o congresso em geral mexeu comigo, me deixo com perguntas sem respostas, com necessidade de algo mais, então não sabia o que. Só sei que foi Divino, “Foi a experiência vivida, que me levou a seguir experimentando e não parar”.

Ao retornar a Riberalta ainda movida pela experiência feita no congresso, senti vontade de ir à missa na catedral na quarta feira, minha mãe ficou muito surpreendida, já que eu não era de participar da missa durante a semana ainda mais na catedral, porem era o Senhor que me chamava para ir ao seu encontro, agora sei que era Ele quem me chamava e me movia. A missa era um tríduo em preparação aos votos perpétuos das Irmãs Becky e Angela, aquilo me chamou muito a atenção.
No último dia do tríduo elas contaram seus chamados vocacionais eu senti umas escalafrios dentro de mim, ao terminar a missa, logo saí de presa como fugindo de algo, e de repente escutei que alguém pronuncio meu nome: Kiara, era a voz de Deus, que me chamou pelo meu nome, era Ele, que falou a traves da Irmã Círia, me olhou e sorriu, e diz para mim, “E estado observando você e vejo que esta inquieta, por isso vou apresentar-te para a provincial, para que sejas acompanhada queres? ”. Aquilo foi para mim algo que me fez estremecer, foi uma sensação profunda. Desde aquele momento aceitei ser vocacionada das Irmãs da Divina Providência.

O dia dos votos perpétuos das Irmãs Becky e Angela, foi uma noite magica, foi um êxtase total para mim, foi cheia de emoção, já que os rostos das Irmãs irradiavam, estavam totalmente iluminados de alegria, o que elas sentiam era algo incrível na qual eu falava para mim, quero sentir e viver essa felicidade plena e real, esse foi para mim o sinal claro de que Deus me chamava para algo maior.
Então comece meu acompanhamento vocacional com a Irmã Fátima, ela despertou em mim um pouco mais esse desejo de ser Irmã da Divina Providência, no ano 2018 e 2019 eu fiz três experiências no Brasil. Irmã Fatima falou assim: Kiara tenho uma proposta para você, te animas deixar teu país ir para o Brasil, e fazer uma experiência? …. Eu me senti desafiada, já que nunca havia saído da Bolívia, não sabia português, e estar longe de minha família era um verdadeiro desafio, a pesar disso eu diz que SIM, me animei e comece minha aventura nesta caminhada, não foi fácil, foi difícil, se tem saudade da família, da comida, o idioma, tudo-tudo mais Deus vai dando forças para poder superar os desafios na caminhada.
Com o passar o tempo, ia crescendo em mim o desejo de conhecer cada vez mais a Vida Religiosa Consagrada. Após a experiência feita em Rondônia e motivada a continuar dar passos no itinerário vocacional, recebi mais uma proposta está vez é Curitiba, um novo desafio, mais tempo longe de casa, outro clima, outro ambiente, outro estilo de formação, trazendo muitas perguntas sobre minha vida e olhando que assumir este chamado não é fácil, mais com a força da Providencia de Deus estou aqui, Ele me chama e quero responder o chamado dizendo: “Aqui estou Senhor” com a força da tua Providencia seguirei esta caminhada com muita abertura, confiança e humildade e com o desejo de ser Irmã da Divina Providencia, porque sei que queres muito mais de mim, com coragem e esperança quero
seguir os caminhos de Deus.
Jovem não tenham medo de sonhar, buscar a felicidade verdadeira que vem de Deus, escuta o teu coração e responde a Deus com tua vida. Com carinho:
Pré-postulante das Irmãs da Divina Providência Kiara Velardes Sanchez.