As atitudes de Eduardo são um testemunho de vida a ser seguido.

ago 19, 2019

As atitudes de Eduardo são um testemunho de vida a ser seguido.

Eduardo Michelis carregava em seu coração uma mística profunda. Sua experiência de Deus se expressa no seu viver despretensioso, porém comprometido com a causa de Cristo e sua Igreja: “Eu sei que nada mais busquei além Dele e sua Igreja”.

 

A vida coerente, íntegra, fiel, de uma pureza translúcida e de uma profunda união com Deus fez de Eduardo um SINAL DA PROVIDÊNCIA DE DEUS!

Sozinho, ele se reconhecia fraco e insuficiente. Procurava colocar suas habilidades na soma de dons de cada pessoa.  Juntos constituem força uns para os outros e para todos. Assim se expressa certa ocasião: “A pessoa sozinha dobra-se facilmente como um caniço ao vento. Ligada a muitos, aproveita-se da força de cada um, de cada uma. Este trabalho conjunto traz à Igreja uma força irresistível”. Em toda a sua trajetória de vida este testemunho é eloquente.

 

Seu grande amor pela Eucaristia fazia de Eduardo um grande adorador. “Sem a Eucaristia eu não poderia viver!” Um dos grandes sofrimentos, na prisão, era ser privado de celebrar a Santa Missa e de receber a Eucaristia.

Pensar em Eduardo não é possível sem pensar em Maria na sua vida. A Mãe o acompanhava desde menino e jovem. Ele expressa sua devoção em suas poesias, nas visitas às igrejas e santuários para fazer sua prece de filho à Mãe, nas  romarias que ele mesmo fazia e promovia.

 

Eduardo defendia fortemente o direito e a justiça. Esta coragem profética o fez lutar e sofrer a ponto de passar três anos e meio retido em prisão. Fundou, junto com um grupo de amigos, o Jornal “Voz de Luxemburgo pela Verdade e o Direito” com o objetivo de defender a verdade e o direito.

 

“O mundo necessita de nós por inteiro” – Para Eduardo Michelis valia o que São Paulo dizia: “tornar-e tudo para todos a fim de ganhar a todos”.

O mesmo espírito ele deixa claro para as Irmãs da Divina Providência quando escreve nas primeiras regras: “As Irmãs façam todos os seus exercícios espirituais pela maior glória de Deus e pelo bem do próximo”.

 

Eduardo Michelis pautava sua vida numa profunda confiança na Divina Providência. Esta se torna evidente em toda a sua vida, vivida com muita unção no empenho pela unidade, na solidariedade para com aqueles que sofriam necessidades, na luta pela justiça e o direito, nos esforços empenhados por uma Igreja de cristãos em comunidades vivas e felizes, nos esforços e empreendimentos por vida digna para todos. Palavras suas são expressão desta sua confiança:

“Aconteça o que acontecer, estou nas mãos de Deus e nEle confio!”

“Tudo o que estiver ao meu alcance farei e Deus não me abandonará!”

“Sei que por mim mesmo nada posso, eu temeria o pior! Deus é minha força, nele espero”!

“Onde Deus encontra um recipiente vazio, Ele o enche com seus preciosos dons”.

 

 

ORAÇÃO DE EDUARDO MICHELIS AO ESPÍRITO SANTO

 

Vem, Espírito Santo, renova a face da terra!

Vem morar em nossos corações.

Acende em nós o fogo do Teu amor!

Ensina-nos a rezar.

Ajuda-nos em nossas fraquezas!

Consola-nos com Tua presença.

Dá-nos um coração puro e transparente.

Fica conosco em todos os perigos.

Guia-nos pelos caminhos de Deus.

Mostra-nos por onde somos enviados.

Fortalece nosso zelo pelo reino de Deus.

Une os cristãos.

Santifica a Igreja.

Desce também sobre mim, ó Espírito Santo, e faze de mim uma nova criatura.

Renova em mim o primeiro amor.

Aumenta meu zelo e  a minha alegria.

Faze-me desejar em verdade, trabalhar e sofrer pela Igreja

e não permitas que eu ainda  procure a mim mesmo ou vantagens próprias.

Quisera que toda força do meu corpo e da minha alma,

cada movimento de meus pés e mãos,

cada respiração fosse por Teu amor e Te fosse consagrado.

Amém!

 

O recado de Eduardo Michelis às Irmãs da Divina Providência

expresso nas regras que deixou:

 

“As Irmãs da Divina Providência sejam simples, alegres, confiantes e acolhedoras

e considerem como o mais importante de seus exercícios de piedade

o trabalho para a glória de Deus e o bem do próximo”.

Testemunhem o amor de Deus e a esperança cristã para as pessoas!

 

Se hoje Eduardo estivesse entre nós ele diria às Irmãs da Divina Providência: vivam e testemunhem a todos a ternura de Deus; com muito amor cuidem da vida;  em especial,  tenham um coração terno para as crianças e os jovens; sejam profetas, anunciando a Alegria do Evangelho e denunciando tudo que machuca e ofende a vida.

 

 

Compilado por Ir. Roseldis Terezinha Kuhn e Ir. Daiane Aline Ertel

 

FONTES

  • Constituições das Irmãs da Divina Providência – de 1984
  • Eduardo Michelis – Presbítero – de Irmã Clea Fuck – 2005
  • Diário de Eduardo Michelis
  • Eduardo Michelis, o Educador – de Ir. Cléofa Hoepers – 2002
  • Jesus Cristo em nós – espaço e vida – Trabalho elaborado por Ir. Ämiliana Schlieper, Ir. Bonaventura Stening, Ir. Canísia Weischer, Ir. Henrica Jans em colaboração com todas as Irmãs da Divina Providência